Artigo

Imagens capturadas pelos VANTs potencializam o Agronegócio

Imagens capturadas pelos VANTs potencializam o Agronegócio

Fonte: Fabrício Hertz

Formação: CEO da Horus, engenheiro mecânico, formado na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Contato: www.horusaeronaves.com
Data: 11/09/2017

Atualmente já prevalece o conhecimento de que os drones são ótimos aliados, quando o assunto é mapeamento aéreo, permitindo uma série de aplicações em diferentes contextos, como no controle ambiental, na produção agrícola a partir do sensoriamento remoto e na aerofotogrametria de precisão, entre outros.

Porém, esse mapeamento só estará completo e fará sentido se as imagens obtidas forem transformadas em dados, ou seja, se elas forem traduzidas em números e resultados que servirão como base para a elaboração de relatórios e análises.

Esse processo se inicia quando o VANT completa a operação e retorna para a área de pouso. Nesse momento retira-se o cartão SD da câmera e se faz o download das imagens no computador.  Essas imagens devem ser processadas de duas maneiras: em softwares específicos de processamento de imagens ou em plataformas on-line de processamento, que costumam oferecer um custo x benefício maior. Nesse universo, Startups vêm se destacando por oferecerem soluções completas para a agricultura de precisão.

Primeiramente, a sequência de imagens capturadas pelo VANT é ortorretificada, formando o mapa ortomosaico. Com isso, é possível obter diversos mapas de superfície, de terreno, animações em 3D, nuvem de pontos para, por exemplo, calcular áreas, relevo, volumes e distâncias.

Em plataformas de processamento desenvolvidas especificamente para o agronegócio, são extraídos diversos dados fundamentais para o aumento da lucratividade e tomadas de decisões estratégicas, como por exemplo, contagem de indivíduos da cultura, identificação de linhas e falhas de plantio, identificação de pragas, doenças e estresse, aplicação de índices de vegetação para análise da saúde da plantação, mapas de aplicação em taxa variável e exportação de shape files, integrados às maiores marcas de tratores do mercado. Com essas informações, o produtor pode acompanhar melhor o desenvolvimento de sua cultura, atuar com ações preventivas rápidas e precisas, integrar os sistemas de máquinas agrícolas, otimizando sua produção.

É importante salientar que o trabalho com os VANTs é fundamental para o agronegócio sim, servindo como equipamento para extração de informações, sendo acompanhado de soluções inovadoras que possibilitem resultados efetivos, a partir do processamento inteligente das imagens.

Nesse contexto, observa-se a tecnologia buscando cada vez mais a inteligência e eficácia dos processos, para que o produtor possa utilizar melhor seu tempo para ações estratégicas, além de outras necessárias.